Os tantos mundos das frases

Há adversão para que citemos correta e oportunamente os grandes autores nos textos e discursos a fim de que sejam respeitadas as integridades das suas obras e ideias. Quanto a isso não há questão a ser discutida. Porém, A obra clássica é um livro que todo mundo admira, mas que ninguém lê (HEMINGWAY).

Do lado de lá da fronteira das nossas regras contextuais estão os trechos, as frases, e palavras, todos deles um universo em si, universalmente válidos e, principalmente, desejosos de serem relidos, reditos e relembrados, a despeito do resto do livro que as mantêm sob cabresto. Mas, Conquistar o campo está na ordem do dia! (MARX, Manifesto Comunista).

Sob um aspecto cada frase é escrava da sua obra senhora. Porém, guarda em si um momento único de soberania absoluta, qual seja, o momento em que estava se escrevendo. Pensáveis que vos criamos em vão e que não voltaríeis para Nós? Nunca raciocinais? (MAOMÉ, Alcorão) Assim, cada frase é um precioso solipsismo em cujo cerne habitam a história do seu acerto, o espectro dos seus erros e o instante inteligível essente do autor

Cada frase já escrita teve o seu momento único e substancialmente contemporâneo. Inclusive os parágrafos nos quais elas se encontram já são distanciamentos excessivos que as desfavorece – vedetes da ideia essas frases! Olhei de um lado para o outro no bar: não havia nenhuma mulher. E fiz o que só me restava fazer: peguei o copo e esvaziei todo num trago (BUKOWSKI, Crônica de um Amor Louco)

Se dermos liberdade para as frases dos autores, elas virão a todo instante, plenas de vida e querendo ser tudo aquilo que o texto pai as constrange e proíbe. Ela será a frase “da hora”, à toda hora em que for trazida à vida, inclusive nas citações mais incompetentes e/ou impertinentes. Ela tem uma significação, uma relação a algo diferente dela; é um substituto (SARTRE, A Imaginação).

Ouçamos o que as frases têm a dizer, pois nem mesmo o seu ponto final conclui o seu ser. O ser da frase é colocar-se no lugar de uma ideia, de um pensamento, indiferente ao contexto desde que nele se encaixe perfeitamente. A concepção do poeta nada mais é do que justamente aquela imagem luminosa que a natureza nos apresenta após termos lançado um olhar para o abismo (NIETZSCHE, O Nascimento da tragédia)

A sempiterna boa frase entristece-se diante da seriedade com que é tomada usualmente, pois o seu desejo é o de ser livre, ou seja, o de comunicar ao mundo muito mais do que aquilo que outrora comunicou através do escritor que a escreveu. Portanto, a diferença, que se exprime como diferença essente, consiste justamente em ser uma diferença indiferente (HEGEL, fenomenologia do Espírito). Frase é mais!

Ainda que tomássemos uma única palavra das linhas de um livro qualquer, por exemplo, hortelão (REI MARDUCK, Código de Hamurábi), quantos desvios significativos seriam possíveis a partir dela uma vez em outros contextos? Na verdade, o significado oficial de uma frase é sua face mais pobre, pois uma só. O restante do universo está na sua meta significação, ou seja, a maior parte do seu ser. Frases como estas, soltas em meio às oficinas me fazem crer que as transformações são possíveis (BALBINO, Traficando conhecimento).

Todas as frases foram erros crassos em potencial enquanto ato de escrever-se, Logo, deixar que a frase seja novamente toda a sua improbabilidade potencial, como no momento em que foi escrita, é devolvê-la o ser. Caso ela seja respeitada demais, e colocada sempre em sua propriedade original, ai que tédio!, disse ela. E onde o leão cai, juntam-se os corvos (BRADLEY, Brumas de Avalon).

Respeitemos mais às frases que às regras, pois aquelas são mais do que estas. E as frases só não são mais por causa das malditas regras! Tenho pensamentos que, se pudesse revelá-los e fazê-los viver, acrescentariam nova luminosidade às estrelas, nova beleza ao mundo e maior amor ao coração dos homens (PESSOA, Alguma Prosa).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s