A velocidade da paisagem

Com nossas gerigonças atuais demoramos 80 horas para chegar à Lua, enquanto que à velocidade da luz, levaríamos somente 1 segundo. Querendo ir à Plutão, o mais distante planeta do sistema solar, teríamos 5-horas-luz contra 130-anos-ônibus-espacial, sem escalas nem serviço de bordo! Para apressar suas pretensas viagens, o pensamento humano empenha-se em alcançar tal velocidade máxima.

Contudo, a velocidade da luz, por rápida que seja, também demora um tanto – o seu tanto – para ir de um ponto a outro. Porventura desejasse velocidade maior, a luz teria somente a velocidade do pensamento humano no seu horizonte de possibilidade. Isso porque o pensamento simplesmente anula tempo e espaço para cruzar quaisquer confins do cosmos, podendo ir, por exemplo, do sol a Netuno, instantaneamente, se assim pensar.

Portanto, ao desejar a velocidade da luz, o pensamento humano não deseja maior velocidade, mas sim um limite universal de velocidade a si mesmo: deseja tempo para poder apreciar a paisagem, e não estar onde pensa no exato momento em que pensa. Para tanto, é necessário acreditar ser a velocidade da luz a maior possível…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s